Games

A história de Kingdom Hearts explicada (Parte 2)

Como já falamos antes, Kingdom Hearts é uma franquia de jogos muito amada por seus fãs, apesar de ser bastante complicada de entender e de começar a jogar. A inusitada premissa, que reúne personagens de Final Fantasy com personagens da Disney é uma das principais coisas que chamam atenção (positiva e negativa) aos games.

Apesar de parecer simples à primeira vista, Kingdom Hearts conta com onze jogos ao todo, que contam uma complicadíssima história de forma anacrônica. Para piorar, não existe uma ordem óbvia de como jogar todos os jogos em seus nomes, o que tornam as coisas mais complicadas para quem quer começar a adentrar nas aventuras deste universo complexo, ainda mais com o lançamento de Kingdom Hearts 3 tão próximo.

Para isso, decidimos recapitular toda a história de todos os jogos para servir como um guia. Porém, vale lembrar que esta é a segunda parte da recapitulação, apesar de começarmos no primeiro jogo a ser lançado. Aqui, cobriremos tudo que acontece do primeiro jogo até os eventos que precedem Kingdom Hearts 2, que estará na terceira parte, que será lançada na segunda-feira. Por isso, fique ligado!

Na primeira parte, nós paramos em Kingdom Hearts Birth By Sleep, último jogo que se passa antes do jogo original, que deu início a tudo. Por isso, vamos começar no famoso:

Kingdom Hearts (2002)

Imagem relacionada

Este jogo foi lançado originalmente em 2002 para PlayStation 2. Desde então, ganhou várias versões diferentes, mas com a mesma história.

A história começa com o trio de amigos Sora, Kairi e Riku se preparam para ter uma aventura. Os três, liderados por Riku, decidem montar uma jangada para navegar até a borda do oceano de Destiny Islands para descobrir novos mundos.

Durante algumas conversas, fica claro que Kairi não é do mundo deles, já que ela chegou misteriosamente a Destiny Islands numa chuva de meteoros e não tem lembranças de seu lar anterior, o que atiça Riku ainda mais em sua busca de deixar o mundo que ele vive. Sora e Kairi se mostram muito próximos, implicando que eles se gostam.

Sora, encarregado de buscar alguns suprimentos, acaba entrando na caverna “secreta” da ilha, onde há uma misteriosa porta sem fechadura ou maçaneta. Uma figura misteriosa, coberta por um capuz marrom, confronta Sora e fala que “este mundo foi conectado, amarrado à escuridão” e ainda fala que Sora não pode entender o que aquilo significa por simplesmente não conhecer nada.

Na mesma noite, uma estranha e devastadora tempestade atinge a ilha em que Sora e seus amigos brincavam. Preocupado com a jangada, ele vai até lá e descobre que aquela não era uma tempestade comum. Sora se depara com diversas criaturas de escuridão que o atacam. Ao se defender, ele se vê em posse de uma Keyblade, capaz de destruir seus algozes.

Imagem relacionada
Em Kingdom Hearts, Squall, protagonista de Final Fantasy VIII prefere ser chamado de Leon.

Sora rapidamente descobre que Kairi e Riku estão na ilha. Riku está sendo engolido por uma poça enorme de escuridão, aparentemente ciente de que aquela era sua passagem para ir para outros mundos. Sora tenta salvá-lo, mas não consegue. Ele, então, encontra Kairi na caverna, em frente à porta. Ela se abre, Kairi desaparece e Sora é jogado para fora, levado a enfrentar um monstro gigante. Ele eventualmente também é engolido por uma poça enorme de escuridão e é mandado para outro mundo.

Enquanto isso, em Disney Castle (Castelo Disney), Pato Donald, chefe da armada mágica do castelo, encontra uma carta do Rei Mickey, dizendo que ele partiu numa jornada para lidar com o súbito levante da escuridão através dos mundos (como já falamos de Birth By Sleep, já sabemos que Mickey possui uma Keyblade própria, mas este detalhe só é revelado ao final deste jogo).

O rei deixa instruções para que Donald, juntamente de Pateta, cavaleiro-chefe da guarda do castelo, buscassem alguém com uma chave. Os dois, então, partem na Gummi Ship em busca de outra pessoa que porte uma Keyblade através dos mundos.

Sora acorda num mundo estranho e diferente, chamado Traverse Town. Lá, ele descobre que seu mundo, juntamente com vários outros, foi engolido pela escuridão. Ele também encontra Leon (outro nome dado a Squall de Final Fantasy VIII), YuffieAerith (ambas de Final Fantasy VII). Eles, que também perderam seu mundo de origem, explicam o que são as criaturas que ele enfrentou: eles são os Heartless, criaturas que buscam e consomem corações, as essências de cada pessoa.

Sora acaba cruzando seu caminho com Donald e Pateta, que acabam por ver que ele é quem eles estavam procurando. Eles concordam em partir juntos numa jornada para encontrar Mickey, Riku e Kairi através dos mundos. Viajando pelos diversos mundos da Disney, eles descobrem várias “fechaduras“, que Sora precisa trancar com a Keyblade para evitar que os mundos sejam perdidos para a escuridão, como aconteceu com Destiny Islands e vários outros.

Eles também descobre que Malévola reuniu uma equipe de vilões, que, junto dela, estavam controlando os Heartless para sequestrar as Sete Princesas de Luz para abrir a porta para Kingdom Hearts (que nós já descobrimos ser uma fonte de conhecimento e poder infinitos) e, assim, conseguir o domínio de todos os mundos para si. Sora, Donald e Pateta acabam descobrindo que Malévola também enganou Riku e fez dele um aliado, prometendo dar a ele poderes para salvar Kairi, cujo corpo estava adormecido e sem seu coração.

Hollow Bastion
O trio chega a Hollow Bastion, lar de Ansem, que experimentou com a escuridão nos corações.

O trio chega, então, em Hollow Bastion, onde, ao lermos os Ansem Reports (relatórios de Ansem), descobrimos que é um mundo onde vários experimentos com corações e a escuridão foram feitos. Lá, eles encontram mais uma vez com Riku, que confronta Sora e toma a Keyblade dele. Como já vimos em Birth By Sleep, a keyblade estava destinada a Riku desde o começo. No entanto, ela ficou com Sora para que fosse entregue ao seu verdadeiro dono. Vendo isto, Donald e Pateta relutantemente deixam Sora, já que as instruções que receberam diziam para que seguissem “aquele que tem a chave.”

Sora encontra com Fera (de Bela e a Fera) e decide entrar no grande castelo de Hollow Bastion, mesmo sem sua Keyblade. Ele eventualmente reencontra com Riku e mostra que sua força vem de seus amigos. Donald e Pateta, então, voltam para o lado de Sora, juntamente da Keyblade.

Riku, enraivecido e envergonhado, foge e se depara com a mesma figura misteriosa que Sora viu na caverna em Destiny Islands. A figura sombria propõe que Riku se entregasse à escuridão para conseguir poderes maiores. Enquanto isso, Sora e seus amigos lutam e destroem Malévola. Logo depois, eles se deparam com Riku, que está agindo de forma estranha, além de estar vestindo uma roupa estranha.

Sora vs Riku
Riku, possuído, enfrenta Sora numa batalha para destravar Kingdom Hearts

Eles então descobrem que Riku está possuído por Ansem Seeker of Darkness (Ansem Buscador da Escuridão), um espírito corrompido que buscava um novo corpo para voltar à vida e poder ter o poder de Kingdom Hearts em suas mãos. Ele tem em mãos uma Keyblade de Coração, capaz de abrir Kingdom Hearts e separar os corações das pessoas de seus corpos.

Ansem explica que o coração de Kairi estava dentro do coração de Sora desde que Destiny Islands foi engolida pela escuridão, o que explicava o estado letárgico da menina desde então. Para abrir a fechadura de Kingdom Hearts, que estava logo atrás dele, ele precisaria do último coração das Sete Princesas de Luz. Mais precisamente, o de Kairi, revelada como a Princesa de Hollow Bastion por Ansem.

Sora, então, enfrenta Ansem e o derrota. No entanto, porque a fechadura está incompleta, Sora é incapaz de selá-la. Ele então usa a Keyblade de Ansem e remove seu próprio coração para devolver o de Kairi e completar a fechadura. Com isso, Ansem consegue entrar no portal e Sora se transforma num Heartless.

Kairi desperta e reconhece o Heartless de Sora. Ela, então, restaura Sora à sua forma original, o que o leva a ir atrás de Ansem para dentro do portal. Acompanhado de Donald e Pateta, Sora entra e se depara com o The End of The World (O Fim do Mundo), um estranho mundo feito de vários fragmentos dos diferentes mundos engolidos pela escuridão e os Heartless.

Enfrentando ameaças diferentes de todas até agora, Sora e seus amigos vão até o centro do mundo, que é composto pelos fragmentos de Destiny Islands, onde eles encontram Ansem e o derrotam. Ele acaba se transportando para a Door to Darkness (Porta para Escuridão), onde Sora o derrota mais uma vez. Em um esforço desesperado, Ansem pede que Kingdom Hearts o preencha com o poder da escuridão e abre a Porta. No entanto, quando a porta se abre, Ansem descobre que Kingdom Hearts é feito de luz, não de sombras.

Riku, agora livre da possessão de Ansem Seeker of Darkness, vai para o outro lado da porta, onde fica o Mundo da Escuridão (onde Aqua está presa) para ajudar Sora a fechá-la. O Rei Mickey aparece com uma keyblade parecida com a de Sora na mão e o ajuda a trancar a porta do outro lado. Riku pede para Sora tomar conta de Kairi e a porta fecha.

Os mundos destruídos são reconstruídos e Kairi volta para Destiny Islands. Sora e ela conseguem se ver por um breve momento, enquanto o mundo se reconstrói. Sora promete voltar para Kairi algum dia e os dois, então, se separam.

Sora, Donald e Riku se encontram numa estrada em algum mundo desconhecido e acabam vendo Pluto, cachorro do Rei Mickey. Isso fecha o jogo no ponto onde o próximo começa:

Kingdom Hearts: Chain of Memories (2004/2007)

Resultado de imagem para kingdom hearts chain of memories cover art

Kingdom Hearts: Chain of Memories foi originalmente lançado em 2004 para o Gameboy Advance e teve um remake feito em 2007 para o PlayStation 2. O jogo desvia bastante da dinâmica hack n’ slash do primeiro, trazendo o uso de cartas e um combate mais estratégico para a franquia.

O jogo começa com o trio andando numa estrada em algum lugar que não é exatamente esclarecido para o jogador. Eles veem Pluto e seguem até uma encruzilhada, sem saber para onde ir. Sora, então, é chamado por um homem vestido com um grande manto preto e a encruzilhada vira um caminho só. Quando eles o seguem, eles chegam ao Castle Oblivion (que, como já vimos em Birth By Sleep, um dia já foi a Land of Departure e se transformou naquele castelo por Aqua para proteger o corpo de Ventus).

Ao entrarem no castelo, Sora, Donald e Pateta esquecem suas habilidades adquiridas ao longo de sua jornada prévia. O homem de capuz preto, então, dá cartas a Sora, dizendo que elas são fruto das memórias dele. Numa mecânica de jogo e interna do Castelo, Sora vai abrindo as portas e subindo os andares utilizando cada uma das cartas que recebe.

Kingdom hearts Chain of memories
Sora e seus amigos vão explorando o castelo através de cartas-mundo, onde revivem versões alteradas de suas memórias.

Em cada andar, ele revisita os mundos pelos quais ele passou na sua aventura anterior, revivendo alguns momentos importantes, mas com cada pessoa que ele conheceu tendo esquecido completamente dele e de Donald e Pateta. Quanto mais eles sobem os andares do castelo, mais eles vão esquecendo coisas sobre suas antigas aventuras. Eventualmente, as memórias que Sora tinha de Kairi são substituídas por falsas memórias de uma menina chamada Naminé, parecida com Kairi.

Durante a subida, Sora encontra uma pessoa idêntica a Riku, mas em sua forma sombria, como se ainda estivesse possuído por Ansem Seeker of Darkness. Os dois se enfrentam por causa de Naminé e, eventualmente, Sora descobre que o Riku que ele enfrentou na verdade é um clone de seu amigo, com memórias reprogramadas.

Subindo cada andar, Sora encontra pessoas diferentes usando aqueles mantos pretos e descobre que eles são Nobodies, seres especiais feitos do que resta de alguém que teve seu coração roubado por um Heartless. Os Nobodies que ele encontra são membros da Organization XIII (Organização 13) que estão em algum tipo estranho de missão no castelo, envolvendo as memórias de Sora.

No entanto, todos os membros da Organização que se opuseram a Sora, como LarxeneVexen, foram caindo, com a exceção de Axel, que se mostra bastante ambivalente a Sora: em momentos ele o ajuda em sua busca, em outros ele o enfrenta e engana ativamente.

Sora também descobre que suas memórias estão sendo manipuladas e alteradas por Naminé, uma Nobody a comando de Marluxia, que está no comando da operação no Castelo. Agora conseguindo a aliança da Réplica de Riku, que fica irritado por ter sido enganado, e ao lado de Naminé, Sora enfrenta Marluxia e vence.

Sora Kingdom Hearts Chain of Memories
Sora acaba precisando dormir para reparar suas memórias.

No entanto, com o dano feito às suas memórias, Naminé revela que Sora precisará passar algum tempo adormecido para reestruturar e reconstruir suas memórias. Sora, Donald e Pateta são colocados em câmaras de sono até que suas memórias sejam reparadas completamente. Para não se esquecerem do ocorrido, eles escrevem no diário de bordo mantido pelo Grilo Falante, que viaja com eles e registra as experiências por eles vividas, a frase “Agradeçam Naminé.

Enquanto isso, Riku (o verdadeiro), que estava adormecido no Mundo da Escuridão, decide acordar e acaba encontrando uma entrada no subsolo do Castelo. Ele, guiado por Mickey, que aparece através de uma projeção etérea, vai combatendo as tentações de Ansem Seeker of Darkness, que deixou um fragmento de si dentro de Riku, tentando possuí-lo mais uma vez.

A Organização percebe que o Riku verdadeiro entrou no castelo e busca usar sua aptidão com os poderes das sombras para seus próprios fins. O menino se depara com Laxaeus, um membro excepcionalmente forte da Organização, e se vê obrigado a utilizar os poderes da escuridão interna, quase sucumbindo a ela. No entanto, ele ouve a voz de Mickey, que o dá forças para se controlar.

Riku Kingdom Hearts Chain of Memories
Usando seus poderes das sombras, Riku derrota Laxaeus.

No entanto, enquanto ele vai subindo e procurando por Sora, a escuridão vai tentando Riku cada vez mais. Mickey aparece para salvá-lo pessoalmente de Ansem com o poder da luz e uma carta-mundo especial. Usando a carta, Riku descobre que Ansem estava enfrentando um homem chamado DiZ. O misterioso homem, então, manda Riku encontrar Naminé e desaparece.

Procurando por Naminé, Riku encontra sua réplica, que, enraivecido por não ter um propósito real para sua existência, o desafia para uma batalha para determinar quem merece continuar vivo. O verdadeiro Riku vence, com a réplica aparentemente desaparecendo depois.

Riku encontra Naminé, que oferece bloquear suas memórias de Ansem para que ele tenha mais facilidade de ir em direção à luz. No entanto, Riku rejeita a oferta, preferindo enfrentar sua escuridão interna. Mickey dá a Riku uma carta-mundo na qual ele enfrenta o que restou de Ansem em seu coração e o derrota, aceitando seu lado sombrio ao invés de negá-lo por completo.

Ao sair do castelo, Mickey e Riku se encontram com DiZ, que os dá mantos pretos para que possam transitar entre os mundos sem naves e sem serem engolidos pelas sombras. Riku, Mickey e DiZ, então, se aliam e caminham pela estrada “do amanhecer.” O jogo termina. No entanto, enquanto os eventos no Castle Oblivion se desdobravam, em um mundo diferente, outras coisas aconteciam.

Kingdom Hearts 358/2 Days (2009)

Kingdom Hearts 358/2 Days

Este jogo foi lançado originalmente para o Nintendo DS em 2009. Este jogo é o último na linha temporal antes de Kingdom Hearts 2 e foca em explicar alguns eventos que se passam antes do jogo, além de explorar alguns personagens de forma mais profunda. O game foi transformado em um “filme” na coleção Kingdom Hearts 1.5 Remix, lançada para PlayStation 3 e 4.

A história começa com o “nascimento” de Roxas, que é o Nobody de Sora (lembram que Sora se transformou num Heartless?). Ele é encontrado em Twilight Town por Xemnas, líder supremo da Organização XIII, que “batiza” Roxas e o nomeia como o 13º membro.

Roxas Kingdom Hearts 358/2 Days
O nome “Roxas” nada mais é do que um anagrama do nome “Sora” com um X no meio. Todos os membros da Organização 13 têm essa característica em comum.

Em seus primeiros dias, ele realiza algumas missões para liberar os corações capturados pelos Heartless para que a Organização possa invocar Kingdom Hearts e poderem se tornar seres completos novamente (uma vez que Nobodies não têm corações). Isto acontece por que Roxas, por ser o Nobody de Sora, pode usar uma Keyblade, a única arma capaz de liberar os corações capturados por Heartless.

Roxas, ainda muito letárgico e calado desde seu nascimento, é colocado sob a “guarda” de Axel, que rapidamente faz amizade com ele. Eles passam a maior parte de seu tempo livre sentados na torre do relógio de Twilight Town conversando e tomando sorvete.

Porém, subitamente um 14º membro é recrutado para a Organização. É uma garota com o nome de Xion, cuja aparência é elusiva e muda para cada pessoa, dependendo de sua relação com quem a vê. Isso, inclusive, é bem representado pelas cutscenes do jogo, mostrando a alternância. Para Roxas, Xion tem uma aparência idêntica à de Kairi, só que com cabelo preto.

Coincidindo com a chegada de Xion, Axel e diversos outros membros são enviados para o Castle Oblivion para uma missão importante (é aí que começa Kingdom Hearts: Chain of Memories). Ficando praticamente sozinho, Roxas é colocado como a dupla de Xion durante as missões, o que faz com que os dois criem, lentamente, uma amizade. Eventualmente, os dois acabam descobrindo que Xion também consegue utilizar uma Keyblade.

No entanto, alguns dias depois, Roxas entra em coma por algumas semanas (no mesmo momento em que Sora é colocado na câmara de sono). Ao acordar, ele descobre que todos os membros da Organização, exceto Axel, foram mortos no Castelo. Assustado, Roxas busca conforto em voltar à rotina de sempre, passando tempo com Axel e agora Xion na torre do relógio tomando sorvete e conversando sobre suas missões, sobre memórias e o que significa ter um coração.

No entanto, Roxas fica cada vez mais duvidoso sobre o motivo dele poder utilizar a Keyblade e os motivos da Organização, o que começa a gerar nele uma crescente desconfiança.

Kingdom Hearts 358/2 Days
Roxas, Axel e Xion desenvolvem uma amizade sincera e bastante memorável para quem jogou o jogo, já que eles realmente passam um bom tempo assim.

Enquanto tudo isso acontece, Sora, Donald e Pateta, ainda adormecidos, são transferidos para um lugar secreto em Twilight Town, onde DiZ e Naminé estão escondidos para monitorar a restauração das memórias de Sora. Riku aparentemente é visto por alguém e Xion é enviada numa missão para confrontá-lo.

Ela o encontra e vê que ele está usando os mantos pretos iguais aos da Organização. Xion, no entanto, é derrotada por Riku, que ainda por cima chama a Keyblade dela de “farsa”. Ele também revela a Xion sua verdadeira natureza: ela é uma réplica falha de Sora, feita a partir das memórias captadas no Castle Oblivion para poder criar mais uma pessoa capaz de extrair corações.

A aparência de Xion é similar à de Kairi devido às fortes lembranças que Sora tem dela. No entanto, agora que as memórias de Sora estão sendo restauradas, Xion vai cada vez mais parecer com Sora fisicamente e começará a perder sua noção de si.

Depois disso, Xion começou a questionar sua própria existência e acaba partindo para o Castle Oblivion, tendo certeza do que ela realmente é. Ela decide desertar a Organização, o que leva Roxas e Axel a rastrear e encontrá-la, forçando a garota a voltar.

Ao descobrir parte da verdade sobre Xion, Roxas se revolta com a Organização e sua descrença e desconfiança neles o leva a fugir e buscar suas próprias respostas. Axel tenta convencê-lo a voltar, mas não consegue (o que resulta numa cena bem triste para quem gosta da amizade dos dois).

Enquanto isso, Xion encontra Naminé e oferece devolver as memórias de Sora para ajudar a restaurá-lo. Axel vai atrás dela para tentar trazê-la de volta, mas acaba sendo derrotado e fica inconsciente. Xemnas aparece e leva Xion embora.

Roxas vaga por Twilight Town até chegar à torre do relógio, onde ele encontra com Xion, que revela ser apenas uma marionete sem rosto da Organização para enclausurar as memórias de Sora e, para se tornar completa, ela teria que retirar as últimas memórias de dentro de Roxas, Nobody de Sora, para se tornar uma Replica completa. Ela se vira para Roxas, revelando ter a aparência de Sora (o que é uma cena um pouco perturbadora).

Os dois lutam e Xion é derrotada, liberando as memórias de Sora que estavam guardadas nela e retornando-as ao seu verdadeiro dono. No entanto, enquanto ela vai desaparecendo, todas as memórias que as pessoas tinham dela desaparecem, levando todos que cruzaram seu caminho a esquecer dela. Xion morre e desaparece.

Xion Kingdom Hearts 358/2 Days
No que é considerada a cena mais deprimente de toda a saga por muitos fãs, Roxas pergunta a Xion “com quem mais eu vou tomar sorvete?”, já que para ele o conceito de amizade é resumido a tardes na torre do relógio tomando sorvete.

Com raiva, confuso e tentando segurar os últimos pedaços de suas memórias de Xion, Roxas decide ir até o World That Never Was (O Mundo Que Nunca Foi), onde fica a base central da Organização XIII, para desafiar os membros restantes e Xemnas. Vendo que Roxas não seria forte o suficiente e, caso fosse derrotado e morto, Sora nunca acordaria, Riku intervem e tenta impedi-lo.

Riku vs Roxas Kingdom Hearts 358/2 Days
A cena de luta dos dois é muito legal, inclusive.

Os dois lutam inicialmente e Roxas consegue invocar duas Keyblades ao mesmo tempo: Oblivion e Oathkeeper. Os dois têm uma árdua luta, mas Riku é derrotado em um primeiro momento. Desesperado, Riku, que usava uma venda para impedir que seus poderes sombrios tomassem o melhor de si, decide se entregar a Ansem e impedir que Sora nunca mais acorde. Assim, ele imediatamente derrota Roxas e o leva até DiZ.

Roxas acorda em Twilight Town novamente, desta vez usando roupas diferentes e não tendo nenhuma lembrança de seu tempo com a Organização. Para ele, a luta com Riku não passou de um sonho muito estranho. Ele parece se lembrar que tem apenas 7 dias sobrando em suas férias de verão. Ele então sai e vai encontrar seus amigos em seu esconderijo para planejar o que vão fazer neste verão. A cena amarra perfeitamente com o começo de Kingdom Hearts 2.

Hoje, paramos por aqui, mas fique de olho na terceira parte, que cobrirá Kingdom Hearts 2Kingdom Hearts: Coded.